segunda-feira, junho 19, 2017

Toyota afirma não ter planos para o C-HR 2.0 16v no Brasil, mas confirma interesse em versão Hybrid


Na última semana, durante Salão de Buenos Aires, executivos da Toyota deram como certa a importação do C-HR para Argentina e Brasil em 2018. Para desmentir o boato, a Toyota se pronunciou e confirmou que o SUV Compacto não será vendido na América do Sul. Mas isso seria na versão a combustão, com motor 2.0 Flex. A revista Quatro Rodas entrevistou no evento argentino o Steve St. Angelo, CEO da Toyota na América Latina, que confirmou que o C-HR a combustão não deve ser vendido aqui nem em 2017 e muitos menos em 2018. Quando perguntado se o utilitário esportivo nunca viria ao mercado, Steve confirmou que a Toyota deve importá-lo na versão híbrida primeiramente. Em meados de 2019 e 2020 passaria a ser produzido ao lado do Corolla em Indaiatuba (SP), com plataforma TNGA e a partir daí ganharia versões mais simples, confirmando a nossa hipótese nos últimos dias. Conhecida por ser uma marca mais careta, o C-HR inova com um design bastante ousado. Sabe-se apenas que ele estreará com um conjunto mecânico híbrido, para só depois receber motores somente a gasolina. De olho no público jovem de Europa e EUA, o crossover tem linhas de cupê esportivo, principalmente na traseira, com a coluna “C” quase inexistente e maçanetas elevadas nas portas de trás, deixando qualquer um dos rivais com design careta.


Fonte: Quatro Rodas

Nenhum comentário:

Postar um comentário