quinta-feira, junho 15, 2017

Renault deve lançar versão aventureira Outsider do Kwid em 2018, como versão topo de linha


Apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo de 2016, o Kwid Outsider Concept não apenas antecipava como deve ficar a versão de produção do modelo brasileiro mas também uma futura versão aventureira. Como futura versão topo de linha, deve concorrer com Volkswagen up! cross e Fiat Mobi Way. Entre as novidades, o Kwid Outsider deve trazer novo para-choque dianteiro com nova moldura dos faróis de neblina, detalhes na grade dianteira; faróis de neblina; arcos das caixas de roda, proteção lateral com logo "Outsider" e rack do teto pintados na cor verde, novas rodas de liga leve, lanternas fumês, rack de teto e novas molduras das caixas de roda com novo design. No interior as novidades ficariam por conta de novidades sutis nos bancos e no painel. Com lançamento esperado para 2018, o Outsider deve ficar acima das versões Life, Zen e Intense. O hatch possui 3,68 metros de comprimento, 2,42 metros de entre-eixos, 1,58 metro de largura e 1,48 metro de altura, com espaço no porta-malas de 300 litros, construído sobre a plataforma CMF-A, o peso do hatch deve ficar entre 850kg a 950kg. O motor será o 1.0 12v Flex que desenvolve 70/66cv de potência e torque de 9,8/9,4kgfm, bem como se tinha antecipado que o motor do Kwid seria mais fraco que os de Sandero e Logan, mas a ideia não era a das mais fortes. O consumo, segundo a Renault, é de 15,2km/l com gasolina e 10,5km/l com etanol, em suas médias. Em todas as versões, o modelo traz de série dois airbags frontais e dois laterais,  inéditos no segmento dos compactos, além de duas fixações Isofix para cadeirinhas infantis, item fundamental para a segurança das crianças. O Kwid terá uma garantia de três anos, que sobem para cinco caso for financiado pelo RCI, braço financeiro da marca.


Nenhum comentário:

Postar um comentário