sexta-feira, junho 16, 2017

Presidente da Daihatsu confirma que pode expandir horizontes e voltar ao Brasil com compactos


Você pode nunca ter visto um Daihatsu no Brasil, mas eles foram vendidos por aqui entre 1994 a 1999. A marca japonesa de automóveis compactos, adquirida 100% pela Toyota em 2014 mas controlada pela empresa desde 1998 pode voltar ao mercado brasileiro. Isso porque a Daihatsu mostra interesse em voltar ao Brasil e avalia boas chances de comercializar seus automóveis dentro de alguns anos. Em entrevista concedida à agência de notícias Reuters, o presidente Soichiro Okudaira elogiou o potencial do mercado nacional (a despeito da crise vivida pelo setor) e deu declarações bastante enfáticas. “Há um mercado para carros compactos em países como o Brasil”, disse. “A Toyota vende modelos semelhantes na Ásia e na América do Sul, e o Brasil tem sido um mercado importante para modelos como o Corolla, ainda que ele esteja em uma categoria ligeiramente superior”, acrescentou. Okudaira não deu maiores informações, mas a entrevista bate com o que a Toyota quer para a Daihatsu. Fazer da marca uma divisão de acesso à Toyota, vendendo principalmente em mercados em desenvolvimento com modelos de acesso. Atualmente a Daihatsu conta com Coure, Ayla, Sirion, Boon, Move e Terios em seu portfólio. Recentemente apresentou o FX Concept, estudo de um novo SUV Compacto e recentemente a terceira geração do Terios foi confirmada para ser apresentada até 2018. Atualmente, a marca produz kei cars de até 660 cc e também outros modelos compactos e tem como principal mercado o Japão, além da Indonésia e Malásia. A Toyota planeja ainda usar a Daihatsu para desenvolver modelos compactos (a próxima geração do Etios é uma possibilidade). De acordo com o presidente da marca japonesa, Akio Toyoda, a intenção é utilizar a tecnologia dos kei cars para reduzir os custos de produção de carros maiores para outros mercados.



Nenhum comentário:

Postar um comentário