sexta-feira, junho 16, 2017

Jaguar apresenta oficialmente a segunda geração da XF Sportbrake para o Salão de Frankfurt


A Jaguar acaba de apresentar mais uma bela representante do segmento de stations na Europa. Ainda vivíssimo por lá, as stations não morreram com a chegada dos utilitários esportivos. Assim, foi possível lançar a segunda geração da XF Sportbrake, que chegou depois de dois anos do sedã. A dianteira é a mesma do sedã, assim como até a coluna B em dianteira. Isso porque a station conta com teto mais suavizado e um spoiler na sua traseira, assim como deve oferecer teto panorâmico. Na traseira, destaque para as lanternas que formam um conjunto único, se ligando a um friso cromado. Feita para concorrer com Audi A6 Avant, BMW Série 5 Touring, Mercedes-Benz Classe E Estate e Volvo V90, a XF Sportbrake deve seguir a mesma linha visual do sedã convencional mas obviamente com alterações na parte traseira para oferecer um porta-malas mais amplo. O carro contará ainda com a mesma arquitetura de alumínio e também praticamente toda a linha de motores com o três-volumes atual. A Sportbrake mede 4,96 metros de comprimento 2,96 metros de entre-eixos, 1,81 metro de largura e 1,50 metro de altura, ficando levemente menor que a geração anterior mas com mais espaço interno. O porta-malas é de 565 litros e pode chegar a 1.700 litros com os bancos traseiros rebatidos. O coeficiente aerodinâmico da XF Sportbrake é de 0,29, algo considerado excelente para seu tipo de carroceria. A station pode ser vendida com motores Ingenium, que começam com o 2.0 Turbo que desenvolve 250cv de potência e 37,2kgfm, o 2.0 Turbo Diesel que desenvolve 163cv e 38,8kgfm, 180cv e 43,9kgfm e o de 240cv com 51kgfm. Acima deles estão o 3.0 V6 Turbo que desenvolve 380cv de potência e 45,9kgfm com gasolina e 300cv de potência e 71,4kgfm com diesel. Em todos os casos o câmbio é automático de 8 velocidades com opção de tração traseira ou integral. Entre os itens de série, a XF Sportbrake conta com o chamada "Activity Key", que nada mais é do que uma pulseira. Ela é a prova d'água e permite que o dono da XF Sportbrake saia para correr, nadar etc. sem se preocupar em como entrar no carro depois. Há ainda comandos por gestos da abertura do porta-malas e do blackout do teto solar, o próprio teto, com 1,6 m², um sistema de ionização do ar admitido à cabine e a capacidade de rebocar objetos de até 2 toneladas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário