sexta-feira, junho 16, 2017

Hyundai Kona deve receber motorização 100% elétrica em 2018, com autonomia de 390km


Depois de ser apresentado na Coréia do Sul e tido como a grande novidade da Hyundai para o Salão de Frankfurt, o Hyundai Kona teve alguns detalhes do seu futuro revelados. O SUV Compacto deve ganhar uma versão 100% elétrica com autonomia de 390km a ser lançada em meados de 2018. A informação foi dada pelo vice-presidente da marca sul-coreana, Chung Eui-sun. Na Europa ele deve ser vendido com motores 1.0 12v T-GDi que desenvolve 120cv de potência e 20,4kgfm de torque, acoplado ao câmbio manual de 6 marchas, o 1.6 T-GDi de 177cv de potência, o 1.6 CRDi de 114cv ou 133cv de potência. Nos motores 1.6 o câmbio é o automático de dupla embreagem de 7 velocidades ou manual de 6 marchas. Nos EUA deve ser vendido com motor 2.0 16v de 147cv de potência e 18,3kgfm de torque, acoplado ao câmbio manual ou automático de 6 velocidades. Contruído sobre a mesma plataforma do i20 e HB20, o Kona mede 4,17 metros de comprimento, 2,60 metros de entre-eixos, 1,80 metro de largura, 1,55 metro de altura e 361 litros no porta-malas. O Kona se destaca pelo seu design diferenciado ao trazer um conjunto óptico duplo, grade hexagonal acompanhada por uma abertura na parte superior do para-choque e faróis de neblina posicionados mais na parte central. As laterais terão molduras marcantes nas caixas de roda e teto em dois tons, enquanto a traseira trará lanternas afiladas invadindo a tampa do porta-malas. No interior, destaque para a central multimídia com tela "flutuante" no console central do painel, além da moldura das saídas de ar e da alavanca de câmbio e detalhes no revestimento dos bancos que seguem a pintura da carroceria.


Fonte: Autocar

Nenhum comentário:

Postar um comentário