terça-feira, junho 13, 2017

Honda Fit ganha face-lift nos EUA e inspira como deve ficar o modelo brasileiro, que chega ainda em 2017


A Honda apresentou como deve ficar o Fit reestilizado para os Estados Unidos. O hatch recebe praticamente as mesmas mudanças do modelo asiático, salvo algumas alterações no para-choque dianteiro, que do modelo norte-americano é um pouco modificado. Revelado há cerca de um mês no Japão, o modelo mais em conta dos EUA da marca japonesa traz mudanças discretas de meia-vida para se manter atual até a chegada da quarta geração. A renovação visual é bem sutil, destacando-se os novos projetores de LED dos faróis, assim como a grade com barra mais espessa na parte superior e redesenho da parte inferior. As lanternas traseiras passam a ser de LED nas versões topo de linha. Além disso, a marca destaca a inclusão de duas novas tonalidade à paleta de cores: o Amarelo Helios Pearl e o Laranja Fury. O cliente ainda pode optar por adicionar o pacote Sport, que oferece rodas de liga leve de aro 16" pintadas de preto brilhante, pacote aerodinâmico, ponteira de escape cromado e emblema identificativo na carroceria. No quesito equipamentos, a novidade fica por conta do sistema Honda Sensing, que agrega uma série de recursos como piloto automático adaptativo, alerta de mudança de faixa e frenagem automática. Há ainda outros sistemas de assistência ao motorista, que incrementam o nível de segurança do modelo. No Brasil, no entanto, a adoção dos controles de tração e estabilidade já seria muito bem-vinda. Nos EUA ele usa o motor 1.5 16v i-VTEC que desenvolve 132cv de potência, acoplado ao câmbio automático CVT. As mesmas mudanças chegam ao nosso Fit até o fim do ano.



Nenhum comentário:

Postar um comentário