sexta-feira, junho 23, 2017

Ford confirma que EcoSport "completo" deve ter preço inicial de alguns rivais ao ser lançado


A Ford confirmou o lançamento do reestilizado EcoSport para julho no mercado e início das vendas em agosto. Para se armar frente a nova concorrência, a Ford deve fazer com que o EcoSport se torne bem mais atraente no seu custo/benefício. Durante o Salão de Buenos Aires, Rafael Marzo, que desenvolveu o EcoSport 2018 e detalhou um pouco sobre as novidades do modelo reestilizado. Marzo começou explicando que a Ford realizou pesados investimentos na linha de montagem para aumentar a qualidade de construção para atender outros mercados, lembrando que a marca sempre priorizou a segurança de seus modelos. Um dos objetivos é exportar o modelo nacional para mercados mais maduros. Para colocar novamente o EcoSport no topo, a marca promete preços agressivos. "O novo EcoSport completo terá preço na faixa em que os concorrentes são vendidos em sua versão de entrada", destacou um executivo em entrevista ao site Motor1BR. Entre as novidades visuais do EcoSport estão os novos faróis, a grade que ficou maior e fica entre os faróis, assim como os faróis de neblina também são novos. O pisca sai dos faróis e vai para o mesmo conjunto dos faróis de neblina. A placa agora ocupa o espaço sob a grade, em uma grande barra entre ela e o que parece ser um “peito de aço” estilizado. Na traseira, o nosso EcoSport mantém o estepe na traseira e as lanternas que não mudaram de formato (se for verdade, sites dão como certeza que o nosso deve trazer novo layout das lanternas) ou farão o uso de LEDs. O puxador da tampa traseira continua disfarçado na lanterna direita. No porta-malas, o Eco 2018 deve ter um porta-malas com um "tampão" no assoalho. O material é feito de materiais recicláveis e deve ficar no fundo do porta-malas. A divisória é reforçada com cola e água e serve para proteger objetos frágeis e que quebram com facilidade, podem ser guardados ali. Na mecânica o destaque deve ficar pelo motor 1.5 12v TiVCT Flex que deve desenvolve 137cv de potência com torque de 16,2kgfm, enquanto o motor 2.0 16v Flex passa a contar com injeção direta de combustível e desenvolve 178/175cv de potência, acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades com conversor de torque.


Nenhum comentário:

Postar um comentário