segunda-feira, junho 26, 2017

Fiat pode desenvolver duas picapes para o lugar da atual Strada, com lançamento até meados de 2020


Nos últimos dias a vida da Strada já passou por muitas "idas e vindas". Sabe-se até o momento que a Fiat tem duas picapes na manga que podem mudar o futuro da picape compacta líder do mercado. Não se sabe se a picape se manterá em linha, ganhará uma nova geração ou deve ficar mais sofisticada e assim abre espaço para um novo modelo. A Fiat conta com os projetos X1P e X6P em desenvolvimento, ou seja, duas picapes estão nos planos da Fiat. Sabe-se que o "X6" foi o codinome que deu vida ao Argo, ou seja, o hatch pode ter uma família maior que apenas o sedã, conhecido internamente como X6S. Recentemente foi descoberta a X1P, que deve ser uma opção focada para o trabalho e sem oferecer muito luxo, que deve substituir as atuais versões Working da Strada, que usará a mesma dianteira do Mobi, como divulgamos há alguns dias. Assim, a situação mais lógica seria: a picape do Mobi com preços entre R$35.000 a R$55.000 e a nova geração da Strada (com base no Argo) partir entre R$60.000 a R$80.000, deixando a Toro com o mercado a partir dos R$80.000. O projeto X1P ainda deve demorar para ganhar as ruas, mas a picape passa pela fase de definição de layout. Ainda sem um desenho final definido, sabe-se que a frente deve ser a mesma do Mobi. A picape deve ser desenvolvida sobre a mesma plataforma do hatch, a 327, e deve contar com carroceria simples e estendida. Na gama de motores, a Mobi picape deve contar com o 1.3 8v FireFly Flex, que desenvolve 109/101cv de potência com torque de 14,2/13,7kgfm, acoplado ao câmbio manual de 5 marchas ou automatizado GSR. Além disso, não se pode negar a possibilidade do modelo contar com motor 1.0 6v FireFly Flex, que desenvolve 77/72cv de potência e torque de 10,9/10,4kgfm, acoplado com câmbio manual apenas. Já o projeto X6P deveria ser vendido com motor 1.8 16v EtorQ Flex e opção de câmbio automático de 6 velocidades e manual, com mesma quantidade de marchas. Nada confirmado ainda, porém. Vale a pena esperar.


Fonte: BR.Motor1 e Autos Segredos

Nenhum comentário:

Postar um comentário