quinta-feira, maio 18, 2017

Volvo XC20 pode se tornar realidade com plataforma CMA encurtada como SUV de entrada


A Volvo parece mesmo que gostou de desenvolver automóveis compactos. Depois da família 40, a marca sueca deve desenvolver o XC20, modelo de acesso que a Volvo deve lançar nos próximos anos, ficando abaixo do atual XC40, que deve se basear no 40.1 Concept (fotos). Segundo Henrik Green, líder de pesquisa e desenvolvimento da Volvo, disse à revista inglesa Autocar, que a plataforma modular CMA pode ser encurtada, quando se referia ao possível crossover XC20, um irmão menor do futuro XC40. Com plataforma mais curta, o XC20 poderia concorrer com Audi Q2 e os futuros BMW X2 e Mercedes-Benz GLB. Com isso o modelo poderia medir cerca de 4,20 metros de comprimento para bater de frente com os modelos alemães. A marca nórdica teria revelado que possui os motores adequados para uma arquitetura menor. Como se sabe, a plataforma modular CMA foi feita em parceria com a Geely e já está sendo usada na nova marca chinesa, a Lynk & Co. Ela abastecerá a gama da Volvo com os modelos XC40, S40 e V40, podendo ainda contar com esse crossover menor. Mas parece que dessa família 20 só deve nascer o XC20, já que a Volvo percebe que não tem muito mercado no segmento de hatchs e sedãs pequenos. O que vinga no momento são SUVs. Reduzindo o tamanho da plataforma vai gerar um custo, mas não tão alto como numa base mais antiga, sem compartilhamento de componentes.


Fonte: Autocar

Nenhum comentário:

Postar um comentário