Substituto do McLaren P1, BP23 poderá ser puramente elétrico e ter lançamento apenas em 2023


Conhecido internamente como projeto BP23, o novo hiperesportivo da McLaren pode ser 100% elétrico. Ainda em fase de desenvolvimento, o coupé terias várias vantagens em relação aos modelos a combustão: além de ser mais simples em termos técnicos, possui um centro de gravidade mais baixo. Segundo a revista Autocar, o envolvimento na Fórmula E poderia ajudar no desenvolvimento de um motor potente o suficiente para deixá-lo em pé de igualdade com o antecessor P1. A participação na categoria ainda ajudaria na estratégia da marca, trazendo uma nova geração de baterias, que colocariam o modelo junto a um conjunto híbrido. Na esfera do plano Track 22, os britânicos pretendem ter metade da sua linha com híbridos até 2022. O lançamento porém deve acontecer apenas em meados de 2023. Segundo Mark Vinnels, responsável pelo desenvolvimento da marca, destacou os benefícios de carros elétricos: "em termo de engenharia, os elétricos são muito bons". Agora só resta esperar para saber como o desenvolvimento do BP23 se dará.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração do Subaru XV Crosstrek chega com duas versões ao Brasil e parte de R$114.900

RAM 1000 ganha sinal verde para produção e deve ser lançada globalmente até 2022

Chevrolet estuda um novo utilitário esportivo para o Brasil e Suburban era uma das opções

Volkswagen entra para o mundo VUC com Delivery Express por R$118 mil iniciais

Alfa Romeo vê potencial de vender 10 mil unidades no Brasil e analisa retorno ao país

Sem novidades, BMW apresenta a linha 2019 do M140i com preço maior, por R$269.950

TOP 100: Volkswagen Tiguan volta ao ranking com nova geração e Suzuki Vitara cai

CAuto #75: Volkswagen emplaca nome Polo em sua terceira tentativa no Brasil

Toyota apresenta o Yaris Hatch no Brasil com preços que começam em R$59.590

Depois de dois anos ausente, SsangYong Korando volta reestilizado por R$129.900