Renault revela nova geração do Megane R.S. em Mônaco, mas "esquece" de retirar camuflagens


A Renault apresentou as primeiras imagens da nova geração do Megane R.S. em Mônaco como o prometido. Mas esqueceu de retirar as camuflagens do hatch médio. As novas imagens mostram o hatch, ainda com camuflagem zebrada, ao lado do piloto Nico Hulkenberg, da equipe Renault de Fórmula 1. Na realidade o GP de Mônaco foi mais um "teaser do teaser". Rival de Ford Focus RS, Volkswagen Golf R e Honda Civic TypeR, o novo R.S. deve ser bastante apelativo com o design, que será bastante sensual, garante a Renault. Na mecânica, o hatch terá certamente mais de 300cv de potência. "Nossa marca não é sobre agressividade. Procuramos desenvolver um produto poderoso, mas com formas simples e sensuais. É realmente mais difícil do que fazer algo agressivo, mas acredito que conseguimos alcançar o equilíbrio perfeito", declarou Stephane Janin, chefe de design da Renault. Questionado sobre mais detalhes, o executivo disse apenas que o carro será apresentado "nos próximos meses". No teaser divulgado, o novo Megane R.S. não aparece em nenhum momento, mas dá uma insinuação de que ele está vindo com ronco do seu motor.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em meio a utilitários esportivos, Volkswagen lança Golf Variant reestilizada por R$102.990

Audi confirma lançamento do R8 V6 para o final do ano, junto com face-lift

RAM 1000 ganha sinal verde para produção e deve ser lançada globalmente até 2022

Toyota apresenta o Yaris Hatch no Brasil com preços que começam em R$59.590

CAuto #75: Volkswagen emplaca nome Polo em sua terceira tentativa no Brasil

Nova geração do Subaru XV Crosstrek chega com duas versões ao Brasil e parte de R$114.900

Chevrolet estuda um novo utilitário esportivo para o Brasil e Suburban era uma das opções

Mirando no VW Virtus e Honda City, Toyota Yaris Sedan chega ao Brasil por R$63.990

Opel confirma nova geração do Corsa para 2019 e eCorsa deve ser lançado em 2020

Reestilizado, Jeep Renegade chega antes do Salão de São Paulo sem motores Turbo