terça-feira, maio 30, 2017

Renault deve equipar câmbio automático CVT para Sandero e Logan em 2018, no seu face-lift


Além de prometer o câmbio automático CVT para Duster e Oroch com motor 1.6, a Renault deve lançar os reestilizados Sandero e Logan no Brasil em 2018. Os compactos também deverão ser oferecidos com câmbio automático CVT como substituto do automatizado Easy'R, que deve fazer parte do lineup do Kwid. O novo câmbio deve ser oferecido somente para o motor 1.6 16v SCe Flex, que desenvolve 118/116cv de potência e com torque de 16kgfm para ambos os combustíveis. O câmbio chega junto com as novidades visuais já apresentadas na Rússia e Ucrânia, que devem trazer novos faróis com novo layout e LEDs diurnos integrados, assim como nova grade dianteira, novo para-choque dianteiro, novos faróis de neblina redondos (ao invés dos quadrados dos modelos da Dacia) e novas rodas são o destaque da lateral. A traseira conta com nova localização da placa na traseira (no caso do Logan), que sai do para-choque para a tampa do porta-malas, acompanhada de um friso fino e cromado. As lanternas ganham novo desenho no contato com a tampa do porta-malas ficando mais retilíneas, além de um novo layout (no Logan e no Sandero ganham novo layout). O para-choque traseiro ainda conta com refletores e um aplique preto. No interior ele ganha o mesmo interior do modelo da Dacia, com volante com 4 raios e detalhes cromados nas saídas de ar e puxadores de porta e itens, como descanso de braço central e vidros com sistema de um toque. O novo design do console central incorpora um suporte para garrafa na parte traseira. Também nova é uma tomada de 12 volts que permite aos passageiros traseiros para carregar dispositivos móveis.


Fonte: Auto Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário