Nova família de compactos da Mercedes-Benz deve ganhar três novos membros nas famílias A e B


A Mercedes-Benz desenvolve a todo o vapor a nova família de compactos A e B. As novas gerações devem contar com modelos inéditos. Em entrevista a revista norte-americana Car and Driver, executivo Ola Källenius adiantou que a gama será ampliada para nada menos do que 8 modelos - 3 a mais que hoje. Contando com as novas gerações de Classe A, CLA, CLA Shooting Brake, GLA e Classe B devem seguir vivos. A linha A deve ganhar Classe A Sedan e possivelmente um roadster SLA. Já o Classe B deve ganhar a companhia de um possível GLB. O Classe A Sedan deve ser apresentado já em 2018, enquanto o SLA deve ficar para 2019, como um possível substituto do SLC, ocupando uma posição de entrada abaixo do Classe C Cabriolet. Já o GLB deve ser um modelo de maior capacidade off-road em relação ao GLA. Todos os modelos devem ser lançados até 2020. Os próximos carros serão construídos a partir da plataforma MFA2 (abreviatura de Modular Front-wheel-drive Architecture 2). Além disso, os carros poderão contar com motores desenvolvidos em parceria Renault e transmissão manual ou automatizada de dupla embreagem.


Fonte: Car and Driver

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BMW lança oficialmente a nova geração do X3, em duas versões, e parte de R$309.950

Marco do seu renascimento, Chery lança Tiggo2 no Brasil por R$59.990 iniciais

Ford Fusion deve ser reestilizado ainda em 2018 no Brasil e gama de motores vira questionamento

Citroën lança reestilizado C4 Lounge por R$93.920 iniciais, que recebe upgrade e downgrade

Peugeot lança o 5008 no mercado brasileiro em duas versões e preços que começam em R$157.490

Porsche revela as primeiras imagens do Cayenne Hybrid, em testes finais na África do Sul

Nissan confirma desenvolver March emergente, com a mesma plataforma V do Kicks

Maserati apresenta o Levante Trofeo no Salão de Nova York, com motor V8 de 598cv

Depois de tanta espera, Ford lança oficialmente o Mustang GT no Brasil por R$299.990

FCA inicia reparo da RAM 2500, que envolve 3.527 unidades desde 2014 com defeito no câmbio