sexta-feira, maio 19, 2017

Mercedes-Benz desenvolve plataforma e motores especiais para linha de elétricos EQ


A Mercedes-Benz revelou mais alguns detalhes sobre o Generation EQ Concept. O elétrico deve ser o primeiro de quatro modelos que estão sendo desenvolvidos, que devem ser feitos sobre uma nova plataforma modular e com motores distintos, podendo ser alongado ou encurtado, dependendo do veículo. Isso deve reduzir drasticamente os custos de desenvolvimento de outras variantes. Além do utilitário apresentado no Salão de Paris, a Mercedes pretende ter um sedã, um hatch e um utilitário esportivo compacto. Inicialmente a Daimler anunciou que as baterias de lítio seriam de 75kWh, mas agora tudo indica que poderá ter uma opção com densidade maior, já que os principais rivais estão com densidade de 100kWh. Ele deve ser produzido na fábrica de Bremen, na Alemanha, cidade localizada no norte do país. A produção do utilitário esportivo deve começar em 2019, quando deve surgir a versão definitida do utilitário apresentado como forma de conceito no último Salão do Automóvel de Paris. O Geration EQ Concept deve ser um dos 10 automóveis que estão previstos até 2025. Atualmente, Bremen possui uma planta da Daimler que fabrica os modelos das Classes C e E, além do utilitário esportivo GLC e do conversível SL. Futuramente uma versão movida a hidrogênio do GLC deve ser produzida na mesma fábrica. O conceito conta com dois motores elétricos que desenvolvem juntos 406cv, mas os demais modelos deverão ter potências diferenciadas. Além disso, um sistema de gestão eletrônica permite a variação de força entre os eixos, tornando o veículo mais adaptado às condições de dentro e fora de estrada. A autonomia, no entanto, deve ser preservada em 500km.


Nenhum comentário:

Postar um comentário