quinta-feira, maio 04, 2017

Mercedes-Benz AMG Project One terá 1.034cv e capacidade de rodar 48km no modo puramente elétrico


Depois de dar início ao desenvolvimento do seu delicado motor, a Mercedes-Benz trouxe algumas informações sobre o seu novo coupé. O Project One deve ser revelado no Salão de Frankfurt e deve ser um dos automóveis mais poderosos lançado nos últimos anos. Segundo a revista Automobile, o AMG Project One deve ter motor 1.6 V6 Hybrid usado pelos motores da equipe de Fórmula 1 junto a quatro motores elétricos, sendo um para cada roda na dianteira e outro na traseira. O quarto motor elétrico será alimentado diretamente por um turbocompressor elétrico, provavelmente o mesmo que moverá o V6. Com limite de giro de 11.000 rpm, o conjunto motriz do Mercedes-AMG Project One produzirá de forma combinada nada menos que 1.034cv de potência. Aceleração de 0 a 100km/h e velocidade máxima são segredos guardados a sete chaves, mas sabe-se que terá um desempenho bem empolgante. A autonomia do modelo 100% elétrico deve ser de apenas 48km e a produção do hiperesportivo deve ser limitado a 250 unidades, sendo cada unidade custando US$2,3 milhões. O carro deve ser desenvolvido para a aniversariante AMG, que completa 50 anos e ganha a versão de produção para comemorar o meio século. Porém surgiu a notícia que a Mercedes deve colocar um motor um tanto quando delicado, que deve ter vida útil de apenas 50.000km. Depois disso, deve ser inteiramente reconstruído ou substituído por um novo. Apesar dessa limitação, os números são impressionantes: mais de 1.000cv de potência e capacidade para superar as 11.000rpm - praticamente igual a um carro de F1. Fazem parte do conjunto também dois motores elétricos e uma transmissão automatizada de embreagem simples - um sistema duplo ficaria pesado demais, explicou Tobias Moers.


Fonte: Automobile

Nenhum comentário:

Postar um comentário