terça-feira, maio 16, 2017

Grupo VW não pretender vender Bugatti e Bentley para diminuir gastos com Dieselgate, garante executivo


Os boatos que a Volkswagen pode se desfazer de alguma de suas marcas por causa do Dieselgate não param na Europa. Tanto que a marca veio a público confirmar que Bentley e Bugatti devem permanecer no Grupo Volkswagen assim como a Audi. Segundo Oliver Blume, diretor de marca de luxo da montadora, no final de semana. "Não há considerações para vender nada", disse Blume, que também é o chefe da unidade de carros esportivos da VW, a Porsche. Ele acrescentou que a cooperação entre a Porsche e a Bentley retornou mais do que a meta originalmente estabelecida de 100 milhões de euros em sinergias anuais. Especulações sobre Bentley e Bugatti surgiram após relatos de que a Volkswagen decidiu avaliar opções, incluindo uma possível venda do fabricante italiano de motocicletas Ducati, ainda especulado, para ajudar na despesa de gastos com o escândalo dos motores adulterados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário