quinta-feira, maio 25, 2017

Geely se torna dona majoritária da Proton e Lotus em 49,9% e 51% das ações e "salva" as duas empresas


A Lotus e a Proton agora tem nova dona. A chinesa Geely acaba de adquirir 49,9% da empresa malaia e 51% da empresa britânica, ou seja, se torna a controladora oficial das duas marcas. Dona da Volvo e da empresa que produz os táxi para Londres, a Geely comprará o controle acionário da marca britânica de carros esportivos da Lotus, que não andava muito bem das pernas. A concretização do negócio foi confirmada neste última quarta-feira, 24. Após vários rumores que a Lotus seria vendida ou entraria em falência, a gigante chinesa adquiriu os 51% da Lotus da DRB-Hicom, deixando pra trás a PSA, que também se interessava no negócio. O restante das ações pertence à Etika Automotive, um outro braço da DRB-HIcom. A Geely, ao adquirir a Proton e a Lotus, confirmou que deve melhorar os números de vendas e ajudar no desenvolvimento de novos produtos. "O acordo lança as bases para um grande plano de négócios tanto para a Geely Holding quanto para a Proton e a Lotus, que poderão explorar sinergias em áreas como pesquisa e desenvolvimento, manufatura e presença de mercado", disse a Geely em comunicado. Em outras palavras, a Geely poderá vender seus produtos em locais em que a Proton está presente e vice-versa. Quanto a Lotus, a Geely deve ajudar no desenvolvimento de novos modelos e custear o desenvolvimento deles. Assim como fez com a Volvo, a Geely quer impulsionar as vendas da Lotus. "A Geely levará a Lotus a uma nova fase de desenvolvimento, expandindo e acelerando a chegada de novos produtos e tecnologias", disse o CFO da Geely, Daniel Donghui Li, que também falou em "liberar o potencial pleno da Lotus Cars. A compra das duas marcas deve trazer benefícios a Geely como o auxílio e o conhecimento de cada marca. Para Proton e Lotus, é sua salvação. Ainda bem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário