Com chegada do Argo, Fiat Palio só deve ser vendido com motor 1.0 e se tornará "Mille do Século XXI"


Considerado o automóvel mais importante da Fiat nas últimas duas décadas e líder do mercado brasileiro em 2014. Lançado em 1996, o Palio parece derrocar no fim da vida em tão pouco tempo com a chegada do Argo. O hatch deve começar a ser vendido somente com motor 1.0 8v Fire EVO Flex. Sem muitas forças para enfrentar a nova concorrência, o Palio perdeu ritmo de mercado assim que as novas gerações de compactos foram lançados a partir de 2012. Mesmo com um ano de seu lançamento, o hatch já tinha envelhecido muito ao lado dos modernos compactos com motor de três cilindros. Mesmo assim o nome Palio era muito forte, mas parece que essa força se perdeu com o tempo e a acomodação da Fiat. Com a chegada do Argo, o Palio deve ser vendido apenas com motor 1.0, onde as versões 1.4 e 1.6 devem deixar de ser oferecidas até o final do ano. Assim, o Palio deve se tornar um "novo Palio Fire". O Palio atual deve se tornar o modelo de entrada no segmento de compactos, logo acima do Mobi. Ele deve assumir a missão que era do Mille, modelo que o Palio veio para substituir em 1996 e acabaram convivendo até 2013. Pode ser esse o mesmo destino do Palio. Conviver com o Argo por um tempo e logo depois sair de linha. Parece o fim de um dos automóveis mais lendários da Fiat do Brasil. Um destino um tanto quanto triste.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Versão de maior sucesso do sedã francês da Citroën, C4 Lounge Live esgota em dois meses

Picape do Fiat Mobi inicia bateria de testes e deve ser lançada em meados de 2019

Citroën C5 AirCross é registrado no INPI e pode indicar importação do SUV para o Brasil

Mercedes-Benz Classe A Sedan estreia na China durante Salão de Pequim como "mini-C"

Reestilizado, Chevrolet Cruze já roda em testes no Brasil e deve ser lançado em 2019

Toyota confirma Corolla Hybrid e C-HR elétrico para 2019 na China, parte da sua estratégia

Face-lift de Renault Sandero e Logan é adiado para o primeiro semestre de 2019

Volkswagen Golf reestilizado pode atrasar, de novo, e ficar para meados do segundo semestre

Mercedes-Benz começa a produzir o novo Classe A na fábrica de Rastatt, na Alemanha

Segundo jornal, Chery e CAOA podem desenvolver carro específico para Brasil