quinta-feira, maio 04, 2017

Audi revela que novo A8 atrasou devido condução autônoma nível 3, destaque da nova geração


Audi confirma o atraso da nova geração do A8 no nível mundial tem uma culpa: o nível 3 de condução autônoma. De acordo com a marca, a nova geração do sedã topo de linha será equipado com tal sistema, tido como o mais moderno atualmente. O veículo será tão bem servido neste quesito que é bastante provável que boa parte das funções não estejam disponíveis de imediato, já que poucas leis de estrada foram atualizadas para permitir tais recursos. Chamado "automação condicional" pela Sociedade de Engenheiros Automotivos (SAE), operará a velocidades de menos de 60km/h em congestionamento pesado em rodovias separadas fisicamente do tráfego em sentido contrário. Uma vez que o motorista ativa o Nível 3, ele pode ler um livro, verificar as notícias em um tablet ou responder aos e-mails. Não é possível, porém, dormir ao volante, porque quando uma situação de tráfego requer a sua atenção, o carro vai ativar o protocolo de entrega do comando, geralmente dando ao motorista entre oito a dez segundos para avaliar a situação na estrada e retomar o controle do volante. A tecnologia deverá evoluir nos próximos anos e a marca estima que um carro totalmente autônomo chegará às ruas até 2025. O novo A8 deve seguir o design antecipado pelo Prolongue Concept, apresentado há dois anos. A plataforma da nova geração será a MLB EVO, que com o uso de materiais leves, perderá 200kg em relação ao modelo atual.


Fonte: Automotive News

Nenhum comentário:

Postar um comentário