quinta-feira, maio 25, 2017

Apresentada em 2012, Fiat apresenta face-lift sutil da 500L na Europa como meia-vida da minivan


A Fiat acaba de revelar como fica a 500L reestilizada. Prometida para o mercado brasileiro quando foi lançada, há cinco anos, a minivan compacta substituiu a Idea na Europa e se uniu a família 500. As mudanças são sutis e devem manter a opção familiar do 500 até a chegada de sua segunda geração. Entre as novidades, a 500L traz novos para-choques, tomada de ar frontal redesenhada, faróis com assinatura de LEDs, detalhes cromados nas laterais e na traseira e luz de ré agora no para-choque traseiro. Há também 37 combinações de cores diferentes para a carroceria, o que inclui 10 tonalidades para a carroceria e outras três para o teto. No interior ela ganha novo volante multifuncional, painel de instrumentos com novos elementos e manopla de câmbio redesenhada, além do novo sistema multimídia Uconnect com tela sensível ao toque de sete polegadas, Apple CarPlay e Android Auto. Há também novas opções de revestimento para os bancos, apoio de braço mais macio nas portas e porta-objetos mais amplos. As mesmas novidades foram levadas para as versões Cross e Wagon, essa última de sete lugares. Além disso ela é vendida na versão Urban (unidade marrom). Longe do alcance da vista, porém, a Fiat diz que mexeu bastante no carro, promovendo revisões em pelo menos 40% dos componentes. Na mecânica a minivan conta com motores 1.3 16v MultiJET Diesel que desenvolve 95cv de potência e o 1.6 16v MultiJET de 120cv de potência. Na sequência, há o 1.4 16v MultiAIR a gasolina de 95cv de potência e uma variante mais forte, de 120cv. Finaliza as opções o 0.9 12v TwinAir que desenvolve 105cv de potência. Entre as opções de câmbio, vai desde o manual de 5 marchas e chega ao manual de 6 marchas e ao automatizado Dualogic de 5 velocidades.





Nenhum comentário:

Postar um comentário