quarta-feira, abril 19, 2017

Nova geração do Audi A4 comemora um ano de mercado brasileiro com avanço tecnológico


A nova geração do Audi A4 está comemorando um ano de mercado brasileiro e agora é hora de fazer o nosso balanço. O sedã grande alemão ganhou em tecnologia e perda de peso, apesar do seu design ser praticamente idêntico a geração anterior. A nova geração conta com plataforma MLB e chega primeiramente em três versões. A nova plataforma e o uso de alumínio na carroceria fez o A4 perder 110kg. Além disso, o A4 traz a nova geração do câmbio S-Tronic de dupla embreagem e sete marchas, agora banhada em óleo. O motor 2.0 TFSI também é novo e foi inteiramente retrabalhado. A nova geração ainda conta com a série especial Launch Edition, que deve ser limitada a 500 unidades. Com 4,73 m de comprimento e 2,82 de entre-eixos, o Novo Audi A4 incorpora novos faróis com desenho chanfrado – recentemente compartilhados com os A3/S3 2017 – e projetores Full LED, grade hexagonal com contornos mais definidos, novos para-choques e lanternas redesenhadas em LED. O porta-malas tem 480 litros. A nova geração do A4 chega ao Brasil exclusivamente com o motor 2.0 TFSI que desenvolve 190cv de potência com torque de 32,5kgfm, acoplado a um câmbio automático S-TRONIC de 7 velocidades e dupla embreagem. Com esse conjunto a nova geração do A4 acelera de 0 a 100km/h em 7,3 segundos e atinge a velocidade máxima de 240km/h. O sedã ganhou nota A no Inmetro com consumo urbano de 11km/l e 14,3km/l. O coeficiente aerodinâmico é de 0,23Cx e a emissão de CO2 fica em 109g/km. Na versão Ambiente, a tração integral é item de série. No final do ano passado a empresa lançou a versão Ambition, que conta com o motor 2.0 TFSI que desenvolve 252cv de potência com 37,7kgfm de torque, acoplado ao mesmo câmbio automático e tração integral. Nas vendas, o novo A4 tem vendido em média de 70 a 110 unidades mensais, número que é mediano para um modelo que vê seus concorrentes principais vendendo de 250 a 400 unidades por mês.


Nenhum comentário:

Postar um comentário