sábado, abril 01, 2017

Nissan Leaf de segunda geração deve ser apresentado no Salão de Frankfurt e já roda com pouca camuflagem


Previsto para ser lançado no Salão do Automóvel de Frankfurt, a segunda geração do Nissan Leaf deve se basear no IDS Concept. O Leaf já roda com carroceria definitiva e com camuflagem leve, que já mostra a definição e algumas linhas da segunda geração. O elétrico, deve trazer um design bem mais moderno, diferentemente do modelo atual. Além disso, seu design deve ser bem moderno, baseando-se no face-family V-Motion. Atualmente o ponto fraco do Leaf, a traseira deve receber um design bem "normal" nessa nova geração, deixando de usar as lanternas verticais bem alongadas. Além disso, o suporte para placa subirá para a tampa do porta-malas, deixando o para-choque apenas com luzes refletivas. O hatch foi flagrado pelo site Motor1 (veja aqui) que mostra a evolução do hatch antes mesmo do seu lançamento. Falando em evolução, uma das mais esperadas é a evolução mecânica do hatch. Possivelmente trazendo baterias de 60kW, o Leaf terá uma autonomia de 550km. Outra novidade será um sistema semi-autônomo de condução. A expectativa é repetir, na segunda geração, o sucesso comercial da primeira, que lidera o mercado global de carros elétricos. A segunda geração do Nissan Leaf deve ficar 30% mais em conta graças ao compartilhamento de plataformas para elétricos entre Renault, Nissan e Mitsubishi. A notícia veio direto da Nissan, que confirmou que o hatch deve ficar bem mais em conta, uma vez que até a mecânica deve ser idêntica entre as marcas. Isso significa que o próximo Leaf terá um preço pouco acima de um carro similar com motor a gasolina e estimam que no Japão seu preço estará situado em torno do 2.000.000 de yenes, pouco acima dos 16.000 euros na Europa, ou seja, um valor similar ao do Nissan Pulsar, algo que sem dúvidas mudará as regras do jogo e elevará consideravelmente as vendas do produto elétrico.



Fotos: Motor1

Nenhum comentário:

Postar um comentário