Chevrolet S10 com motor 2.5 16v Ecotec SIDI deve ganhar câmbio automático de 6 velocidades


A Chevrolet deve lançar em breve uma versão automática com motor 2.5 16v Ecotec SIDI Flex. Atualmente vendido apenas com câmbio manual de 6 marchas e a opção automática deve ser lançada em breve. A primeira aparição ao público estava programada para acontecer no Espaço Chevrolet na Tecnoshow. Atualmente a segunda picape média mais vendida do segmento, a S10 deve ganhar a opção ainda no primeiro semestre. O motor deve ser o 2.5 16v Ecotec SIDI Flex desenvolve 206/197cv de potência com torque de 27,3/26,3kgfm. A tração deve ser tração 4x2 e 4x4, assim como as opções manuais. Com esse conjunto a S10 acelera de 0 a 100km/h em 9,1 segundos e chega a velocidade máxima de 163km/h. O consumo é de 5,6 km/l na cidade e 6,4 km/l na estrada com etanol e 8,4 km/l e 9,5 km/l, respectivamente, com gasolina, com nota “A” na comparação relativa na categoria e “D” na comparação absoluta geração, sem selo Conpet de eficiência energética, nas medições do Inmetro. Em 2016 a picape média vendeu 26.558 unidades no mercado e esse ano foram 5.874 unidades vendidas no primeiro trimestre de 2017.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Marco do seu renascimento, Chery lança Tiggo2 no Brasil por R$59.990 iniciais

BMW lança oficialmente a nova geração do X3, em duas versões, e parte de R$309.950

Ford Fusion deve ser reestilizado ainda em 2018 no Brasil e gama de motores vira questionamento

Citroën lança reestilizado C4 Lounge por R$93.920 iniciais, que recebe upgrade e downgrade

Peugeot lança o 5008 no mercado brasileiro em duas versões e preços que começam em R$157.490

Porsche revela as primeiras imagens do Cayenne Hybrid, em testes finais na África do Sul

Nissan confirma desenvolver March emergente, com a mesma plataforma V do Kicks

Depois de tanta espera, Ford lança oficialmente o Mustang GT no Brasil por R$299.990

Maserati apresenta o Levante Trofeo no Salão de Nova York, com motor V8 de 598cv

FCA inicia reparo da RAM 2500, que envolve 3.527 unidades desde 2014 com defeito no câmbio