sábado, abril 29, 2017

BMW M4 CS é apresentado no Salão do Automóvel de Xangai com motor 3.0 de 466cv de potência


A BMW está apresentando no Salão do Automóvel de Xangai, na China, o M4 CS. A versão substitui o GTS e se destaca pelo design ainda mais esportivo e pelo conjunto mecânico. Entre as novidades estão radiadores individuais para os turbo, óleo e motor, além de intercooler para o ar da admissão e para o câmbio. Com peso reduzido, capô, teto e detalhes de acabamento são feitos em composto de fibra de carbono com plástico. No total são 1.580kg, ou 32kg a menos que o M4 normal com câmbio DCT. E isso incluso bancos em Alcantara e acabamento primoroso, como os esportivos da marca. No design externo, a novidade fica por conta da substituição da enorme asa traseira e apenas dois lugares para dar espaço ao roll cage. A mecânica é a conhecida 3.0 de 6 cilindros em linha biturbo com variador de fase nos comandos e VANOS (variador de abertura de válvula). Com esse motor ele desenvolve 466cv de potência e 61,2kgfm de torque, acoplado ao câmbio automátic DCT de dupla embreagem de 7 velocidades, sendo 35cv mais potente que o M4 e 10cv a mais que o Competition Package. Ele acelera de 0 a 100km/h em 3,9 segundos e a velocidade máxima é de 280km/h, limitada eletronicamente. A BMW ainda revela que tratou de revisar amortecedores e molas, e as rodas são de 19x9" na dianteira, com pneus 265/35, e 20x10" na traseira, com pneus 285/30. De série, usa os Michelin Pilot Sport Cup 2, modelo semi-slick "legalizado" para as ruas. Como um opcional sem adição de preço, pode vir pneus de rua, Michelin Sport. No pacote, há o seletor de modo de condução e diferencial traseiro ativo M. A produção deve ser limitada a 300 unidades.



Nenhum comentário:

Postar um comentário