quinta-feira, março 23, 2017

TVR já não esconde mais seu novo automóvel que deve apresentar no Salão de Frankfurt


Como já sabemos, a TVR deve voltar a ativa. A marca que tinha deixado de produzir automóveis em 2006 deve reviver nos próximos meses. A TVR ainda deve trazer de volta os motores Cosworth, desenvolvimento de Goldon Murray e com administração de Les Edgar, dono da EA Games. Com estreia marcada para o Salão do Automóvel de Frankfurt, os primeiros esboços do novo coupé foram revelados pela Autocar. Com 400 compradores mesmo antes do seu lançamento, o novo TVR deve medir cerca de 4,40 metros de comprimento, 1,10 metro de altura e 2,60 metros de entre-eixos. O que se conta agora é que este novo carro poderá reutilizar o nome Griffith, de usado no passado pelo Griffith 200 e 400, entre 1963 a 1967. O nome foi usado depois entre 1991 a 2002. Ambos eram coupés de traseira curta e dianteira mais longa, como no teaser observado logo abaixo. A TVR já havia adiantado que o modelo teria 500 unidades produzidas, agora adiantou que 400 delas já estão vendidas. A produção será feita em uma nova fábrica instalada no Circuito de Gales, no País de Gales. Depois do capô está o motor V8 Cosworth que deve trazer pouco mais de 400cv de potência. Com tração traseira e câmbio manual de 6 marchas, o Novo TVR vai acelerar de 0 a 100km/h em menos de 4 segundos e atingir máxima de 300km/h. Também será construído pelo método iStream, desenvolvido por Murray. Ele reduz os custos de produção para apenas 1/3 do custo comum e permite a construção de veículos de fibra de carbono em larga escala. Uma revolução que o projetista queria aplicar a modelos compactos, mas que, como de costume, usará modelos de nicho, como o novo TVR, para ganhar impulso.



Fotos: Autocar

Nenhum comentário:

Postar um comentário