sábado, março 04, 2017

Opel-Vauxhall é da PSA oficialmente e anúncio será feito na próxima segunda e no Salão de Genebra


Se você gostava da união General Motors e Opel/Vauxhall, existente desde 1929 com a compra por parte da GM, a parceria de 88 anos acabou. Agora a Opel e Vauxhall é da PSA Peugeot-Citroën. Segundo a agência Reuters, a GM e a PSA teriam encontrado um acordo para que a francesa adquirisse as marcas alemã e inglesa. O processo foi aprovado pelo conselho de supervisão da PSA na última sexta (3), mas o anúncio deve ser feito na segunda (6/03). As duas empresas fecharam o acordo após meses de negociação, aparentemente superando as diferenças de cerca de US$ 10 bilhões do passivo previdenciário do braço europeu da GM (Opel e a inglesa Vauxhall), que vem registrando prejuízos de US$ 20 bilhões nos últimos 16 anos. A última vez que a GM teve lucro na Europa foi em 1999. Como um dos acordos entre PSA e GM, o grupo americano pediu a francesa que não vá ao mercado chinês competindo diretamente com os automóveis da Chevrolet. Além disso, esse impedimento estaria em pé para outros mercados. Além desses detalhes, a PSA terá de ajustar a linha de modelos da Opel, que conta com produtos bastante competitivos (inclusive em relação aos modelos da Citroën e Peugeot), porém com baixas margens de lucro devido o elevado custo de mão de obra nos países onde são produzidos (Alemanha, Espanha e Reino Unido). A grande novidade do Salão de Genebra é a aquisição das marcas tão conhecidas na GM. Tanto que dois modelos que serão apresentados ao público, Crossland X e novo Insignia, deverão ficar em "segundo plano".


Nenhum comentário:

Postar um comentário