Opel Insignia Grand Sport e Sports Tourer começam a ser produzidos na fábrica da Alemanha


A Opel já produz a nova geração do Insignia na Europa. Produzido na fábrica de Rüsselsheim, na Alemanha, a nova geração do sedã e da station (Grand Sport e Sports Tourer respectivamente), considerados os novos carros chefes da Opel, foram fruto de um investimento de 500 milhões de euros na fábrica para sua produção. O primeiro exemplar a sair da linha de produção recebeu pintura na cor branca e um motor 2.0 turbodiesel de 170cv de potência. “Estávamos ansiosos para hoje há temois. Nosso novo carro-chefe finalmente chegou. Este é um dia importante para a Opel e a fábrica de “Rüsselsheim”, disse o CEO da Opel, Dr. Karl-Thomas Neumann, durante a cerimônia do início de produção da segunda geração do sedã. Para o executivo, o novo modelo vai repetir o sucesso de seu antecessor, que conseguiu vender 940 mil unidades desde 2009 na Europa, tornando-se o quarto Opel mais vendido da história. Antecipado pelo Monza Concept, ele está maior e mais leve que a antiga geração. Por exemplo da relação de entre-eixos, que cresceu 92mm, ampliando o espaço para as pernas dos passageiros nos bancos traseiros, além de ficar 11mm mais longo e 29mm mais baixo. O peso caiu 175kg, sendo que só a carroceria está 60kg mais leve. O destaque dessa nova geração também é o coeficiente aerodinâmico de 0,26Cx. No design, destaque para a grade hexagonal com filetes cromados, faróis afilados com tecnologia IntelliLux LED, para-choque com formato mais agressivo, vincos marcantes nas laterais, linha de cintura elevada, traseira com formato mais curto e lanternas espichadas em LED que invadem a tampa do porta-malas. Já o interior lembra bastante a nova geração do Astra, mas com materiais de melhor qualidade, como couro e detalhes em alumínio e preto piano por todos os lados.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Versão de maior sucesso do sedã francês da Citroën, C4 Lounge Live esgota em dois meses

Picape do Fiat Mobi inicia bateria de testes e deve ser lançada em meados de 2019

Citroën C5 AirCross é registrado no INPI e pode indicar importação do SUV para o Brasil

Mercedes-Benz Classe A Sedan estreia na China durante Salão de Pequim como "mini-C"

Reestilizado, Chevrolet Cruze já roda em testes no Brasil e deve ser lançado em 2019

Toyota confirma Corolla Hybrid e C-HR elétrico para 2019 na China, parte da sua estratégia

Face-lift de Renault Sandero e Logan é adiado para o primeiro semestre de 2019

Volkswagen Golf reestilizado pode atrasar, de novo, e ficar para meados do segundo semestre

Mercedes-Benz começa a produzir o novo Classe A na fábrica de Rastatt, na Alemanha

Segundo jornal, Chery e CAOA podem desenvolver carro específico para Brasil