quarta-feira, março 22, 2017

Opel Insignia Grand Sport e Sports Tourer começam a ser produzidos na fábrica da Alemanha


A Opel já produz a nova geração do Insignia na Europa. Produzido na fábrica de Rüsselsheim, na Alemanha, a nova geração do sedã e da station (Grand Sport e Sports Tourer respectivamente), considerados os novos carros chefes da Opel, foram fruto de um investimento de 500 milhões de euros na fábrica para sua produção. O primeiro exemplar a sair da linha de produção recebeu pintura na cor branca e um motor 2.0 turbodiesel de 170cv de potência. “Estávamos ansiosos para hoje há temois. Nosso novo carro-chefe finalmente chegou. Este é um dia importante para a Opel e a fábrica de “Rüsselsheim”, disse o CEO da Opel, Dr. Karl-Thomas Neumann, durante a cerimônia do início de produção da segunda geração do sedã. Para o executivo, o novo modelo vai repetir o sucesso de seu antecessor, que conseguiu vender 940 mil unidades desde 2009 na Europa, tornando-se o quarto Opel mais vendido da história. Antecipado pelo Monza Concept, ele está maior e mais leve que a antiga geração. Por exemplo da relação de entre-eixos, que cresceu 92mm, ampliando o espaço para as pernas dos passageiros nos bancos traseiros, além de ficar 11mm mais longo e 29mm mais baixo. O peso caiu 175kg, sendo que só a carroceria está 60kg mais leve. O destaque dessa nova geração também é o coeficiente aerodinâmico de 0,26Cx. No design, destaque para a grade hexagonal com filetes cromados, faróis afilados com tecnologia IntelliLux LED, para-choque com formato mais agressivo, vincos marcantes nas laterais, linha de cintura elevada, traseira com formato mais curto e lanternas espichadas em LED que invadem a tampa do porta-malas. Já o interior lembra bastante a nova geração do Astra, mas com materiais de melhor qualidade, como couro e detalhes em alumínio e preto piano por todos os lados.



Nenhum comentário:

Postar um comentário