terça-feira, março 14, 2017

Novo Suzuki Swift aguarda aval da matriz para chegar ao Brasil e hatch pode ganhar versões mais simples


Apresentado ao público no Salão do Automóvel de Genebra, a nova geração do Suzuki Swift está com passaporte quase carimbado para o Brasil. Na Europa, ele começa a ser vendido no meio do ano, enquanto no Brasil a Suzuki afirma que ainda estuda com a matriz a vinda do modelo ao nosso mercado. Não se sabe porém se é apenas na versão Sport ou nas versões mais simples, o que tornaria o Swift bem mais interessante no Brasil. O novo Swift trouxe um design totalmente diferente, reforçado pelos novos faróis, grade, grandes entradas de ar interligadas e um detalhe interessante incluem maçanetas traseiras ocultas e um estilo incomum na coluna C. Na traseira, o destaque é um “teto flutuante”, enquanto as lanternas agora avançam pelas laterais. Os faróis remodelados apresentam LEDs diurnos e projetor tipo canhão, que pode ser bi-xênon ou LED. O protetor frontal ainda adiciona duas entradas de ar laterais bem proeminentes, que funcionam como spoilers, assim como a parte inferior da abertura frontal. Há também um spoiler integral logo abaixo do conjunto. As colunas C foram reduzidas em espessura, mas ganhando uma base reforçada esteticamente. Na traseira, as lanternas avançam sobre as laterais, mas continuam compactas. A vigia da tampa é envolvente e o para-choque apresenta duas saídas de escape integradas ao protetor. A sexta geração do hatch conta com a plataforma HEARTECT, que ajuda o modelo a perder peso, 95kg mais precisamente quando comparado as versões mais pesadas da geração passada com a atual geração. Caso as versões mais simples fossem vendidas no Brasil, o Swift viria com motor 1.0 12v DualJET a gasolina que desenvolve 102cv e 15,3kgfm de torque com câmbio manual ou automático de 6 velocidades, enquanto o Sport teria o motor 1.4 16v BoosterJET de 146cv e 22,5kgfm, acoplado ao câmbio manual de 6 marchas. Os preços ficariam entre R$55.000 a R$85.000.


Nenhum comentário:

Postar um comentário