quarta-feira, março 29, 2017

Mazda pode lançar motor Wankel de baixa cilindrada para elétricos como extensor de bateria


A Mazda parece que vai investir pesado no desenvolvimento de automóveis elétricos com gerador de 48V para os seus automóveis no próximos anos. A marca confirmou que deve usar motores Wankel como extensores de autonomia dos novos modelos elétricos da marca japonesa. Em patente nos EUA, a Mazda deixou claro que deve trabalhar em um carregador das baterias, como já acontece com o BMW i3 com motor a combustão convencional, instalado na traseira. Ele auxilia o motor elétrico, geralmente com autonomia baixa, que moda as rodas dianteiras. A ideia parece ser uma continuação de uma proposta já antiga da Mazda, o Mazda2 RE Range Extender, apresentado em 2013, que vinha com um motor rotativo de 330cm³ com um único rotor que servia unicamente para recarregar as baterias. Ele ia instalado sob o assoalho do porta-malas, ao lado do gerador e do tanque de apenas 9 litros. Para a Mazda, só elétricos compactos fazem sentido, já que modelos maiores seriam muito mais pesados. E a empresa preza muito pela dirigibilidade de seus carros. A ideia é fazer com que ele seja lançado em meados de 2019, ainda com sistema Start&Stop.


Nenhum comentário:

Postar um comentário