sábado, março 04, 2017

Lincoln MKZ deve deixar de ser produzido em 2019 e marca prepara um substituto de tração traseira


Segundo o site Motor Authority, a Lincoln não deve prolongar muito a vida do MKZ. O site revela que a marca premium da Ford deve manter o sedã vivo até 2019. Atualmente um dos modelos mais vendidos da marca e renovado recentemente, deve seguir seu ciclo de vida até 2019 e logo em seguida será retirado de linha. O motivo seria a transferência da produção do Focus para o México, ocupando o espaço do luxuoso. Como Flat Rock, Michigan, estará dedicada à um modelo elétrico e autônomo, o MKZ não teria um lugar ao sol na América do Norte. Porém a Lincoln deve lançar um substituto para o sedã, para ocupar a mesma posição intermediária do MKZ, dentro da gama da marca, porém com um outro nome. O movimento nessa direção já teria sido tomado com a chegada do Novo Continental. Também se fala que o sucessor do MKZ poderá ser feito sobre a nova plataforma modular D6, que dará forma a nova geração do Ford Fusion e também ao Explorer. Com essa nova plataforma, a Ford permitiria que tais modelos mantivesem a tração traseira, além da opção de tração integral AWD. Com isso a Lincoln se beneficiaria com a tração traseira, hoje um item muito lembrado pelos consumidores de modelos premium.


Fonte: Motor Authority

Nenhum comentário:

Postar um comentário