quinta-feira, março 30, 2017

Lamborghini diz que não tem prioridade para que o Urus seja o SUV mais rápido, mas aposta em vocação SUV


A Lamborghini deve apresentar o Urus no Salão do Automóvel de Xangai, na China, em Abril. Porém em recente entrevista, a marca ter o SUV mais rápido de Nürburgring, na Alemanha, não é uma das suas prioridades. Segundo o chefão da marca na região Ásia-Pacífico, Andrea Baldi, revelou que o utilitário esportivo realizará "uma gama mais ampla de tarefas" e que foi desenvolvido com base em um conceito diferente dos esportivos tradicionais da empresa. O executivo ainda confirmou que o Urus terá uma boa relação de altura em relação ao solo como todo bom SUV e tração 4x4 e vários modos de condução, que devem incluir areia, neve, lama e cascalho. Com estilo de "SUV-Coupé", o Urus deve manter boa parte do design antecipado em 2012, mas com algumas modificações. Ele foi flagrado rodando na Dinamarca e deve ser concorrente direto de Bentley Bentayga e Rolls-Royce Cullinan. Ele deve começar a ser produzido na fábrica de Sant'Ágata, na Itália, em meados de Abril. Segundo o executivo, as operações na planta italiana serão tocadas em regime de pré-série e os primeiros exemplares a sair da linha de montagem serão, portanto, protótipos. A ideia é avaliar a qualidade da montagem e adequar o ritmo da fábrica ao novo volume de produção programado. Com a chegada do Urus, a Lamborghini pretende dobrar o número de vendas das atuais 3.500 para 7.000 unidades anuais. Recentemente também foi descoberto que terá um Urus híbrido foi dada pela revista Autocar por Maurizio Reggiani, chefe de pesquisa e desenvolvimento, que adiantou também o motor 4.0 V8 como parte integrante do conjunto, junto a um elétrico, se tornando o primeiro híbrido da marca de superesportivos alemã.


Fonte: CarPix

Nenhum comentário:

Postar um comentário