quarta-feira, março 01, 2017

Interior do nosso Renault Kwid é vazado por usuário do Disqus e lançamento ocorre até Julho


Recebemos hoje uma imagem (de uma pessoa anônima) que mostra como ficará o interior do nosso Renault Kwid, que será lançado em meados de Maio a Julho deste ano. Logo em seguida, descobrimos que as imagens foram feitas pelo usuário "Gu92" do Disqus (ferramenta de comentários de alguns sites/blogs) feito no site Autos Segredos na notícia do flagrante do Volkswagen up! reestilizado. As imagens feitas por "Gu92" mostram o interior do Renault Kwid, hatch que chega para peitar justamente com Volkswagen up! e Fiat Mobi no segmento de hatchs populares, substituindo o Clio. Ficando abaixo do Sandero, o Kwid deve trazer poucas mudanças em relação ao modelo indiano no painel. Sabe-se que a qualidade será superior, mas não espere nada muito distante do que já conhecemos com o Sandero hoje. O hatch francês larga na frente por oferecer um espaço interno igual ou melhor que seus concorrentes e com possibilidade de vir com central multimídia, algo inédito para este segmento e que será mantido no Brasil. A única coisa que falta para o lançamento do Kwid é acertar os detalhes de produção e qualidade do antes de começar a vendê-lo. A Renault terá a capacidade de produzir 15.000 unidades do hatch por mês, para abastecer o Brasil e a Argentina primeiramente. Caso a Renault alcance esse objetivo, o Kwid poderia se tornar o líder do nosso mercado, mas certamente isso não deve acontecer visando seus rivais mais próximos. A Renault ainda deverá ser cuidadosa com seu preço para não acabar afetando as vendas do Sandero. Com lançamento ainda para o final do primeiro semestre (entre os meses de Maio a Junho), ele deve ser produzido na fábrica de São José dos Pinhais (PR). Segundo a Renault, em relação ao modelo indiano, o nosso Kwid se difere por mudanças na estrutura geral do modelo, maior refinamento na cabine e a primazia de oferecer airbags laterais como itens de série desde a versão de entrada. Com isso, a marca espera melhorar os baixos índices de proteção aos passageiros alcançados pelo Kwid “original” no exterior. No visual, as principais mudanças estão relacionadas ao desenho das rodas, que mantém os três furos”, e dos retrovisores, herdados do Sandero. O para-brisa será único, algo que o Fiat Mille fazia até 2013, quando saiu de linha. Apesar desses pequenos deslizes, o Kwid tem tudo para emplacar bem no mercado e incomodar os principais rivais.



Fotos: Gu92/Disqus

Nenhum comentário:

Postar um comentário