quinta-feira, março 16, 2017

CEO da Volkswagen admite conversar com outras marcas para fusão e não descarta a FCA


Após declarar que não estava interessada, a Volkswagen parece que mostrou uma nova face. O grupo alemão confirmou que está confirmando com alguns grupos e não descarta a possibilidade de VW e FCA estarem conversando. A notícia veio de Matthias Müller, presidente-executivo do grupo alemão. A declaração foi recebida com bastante surpresa pelo mercado, principalmente depois de o próprio Müller ter dado um tremendo fora em Marchionne em pleno Salão de Genebra, há poucos dias. Na ocasião, o italiano jogou flerte para os alemães, dizendo que a compra da Opel pela PSA afetaria principalmente a Volkswagen, e que aquela era a hora de a gigante alemã pensar em uma parceria. No evento, a VW por sua vez confirmou que tinha outros problemas a resolver. De acordo com a Volkswagen, “Estamos mais abertos nessa conta do que costumávamos ser anteriormente”, foi a nova declaração de Müller quando perguntado sobre o assunto. Para que o jogo virou, não é mesmo, Sergio Marchionne?


Nenhum comentário:

Postar um comentário