quinta-feira, março 02, 2017

Atração do Salão de Genebra, McLaren divulga teaser do 720S com quadro de instrumentos dobrável


A McLaren deve ousar com o lançamento do 720S, no Salão do Automóvel de Genebra. O superesportivo deve ter um quadro de instrumentos escamoteável. O quadro de instrumentos do modelo na posição deitada, ele exibe uma tela minúscula, na verdade uma faixa de LCD exibindo apenas informações básicas, como marcha engatada, velocidade e giros do motor. Na posição aberta, aparece no campo de visão do motorista uma tela bem maior, também totalmente digital, com o painel de instrumentos completo, trazendo o conta-giros centralizado e uma série de outras informações, incluindo computador de bordo, que podem ser customizadas. O recurso pode ser um auxílio para o motorista se concentrar apenas na pista em Track Days, por exemplo. Conhecido internamente como P14, a marca confirmou que ele deve ser equipado com motor 4.0 V8 biturbo. Segundo a McLaren ele deve acelerar de 0 a 200km/h em 7,8 segundos e atingir um quarto de milha (402,5 metros) em apenas 10,3 segundos. O 720S ainda contará com um conjunto de freios mais potentes (com discos de carbono-cerâmico e pinças de freio mais rígidas de série), capazes de parar o veículo a 200km/h em 4,6 segundos e 117 metros. Segundo o divulgado pela McLaren, o 720S terá pneus Pirelli P-Zero Corsa, que segundo o divulgado, proporciona uma melhoria de 6% na aderência em comparação com o atual McLaren 650S. Entre as novidades, foram confirmadas que o 720S terá sistema de escape com som mais "limpo e nítido" e uma nova geração do sistema de controle de chassi ativo. “A potência, o torque e a resposta do acelerador são todos significativamente melhores em comparação com a primeira geração da linha Super Series, mas com a eficiência de combustível e emissões também notavelmente melhorada”, disse o chefe da McLaren Super Series, Haydn Baker.


Nenhum comentário:

Postar um comentário