Volkswagen e Tata devem firmar parceria para mercados emergentes e novas tecnologias


Segundo o site indiano Economic Times, a Volkswagen e a Tata podem se unir para desenvolver novas tecnologias e compartilhar plataformas. Embora não seja nada oficial, a publicação disse que as duas empresas buscam o desenvolvimento de carros de baixo custo para mercados emergentes. Ainda não se sabe se será uma joint-venture ou um acordo técnico entre as duas partes. Segundo a fonte, a ideia é que a Volkswagen utilize a plataforma modular AMP (foto) da Tata Motors para uso em mercados emergentes. A discussão ainda pode ser para a Tata usar a plataforma MQB-A0 na Índia. Isso porque a Volkswagen tem dificuldade de lançar um modelo popular na Índia desde o cancelamento do up! lá em 2013, assim como os automóveis com plataforma modular MQB, por tornar os automóveis caros demais. Assim, a base AMP da Tata Motors serviria bem ao propósito da VW, que poderia lançar modelos de baixo custo específicos para região e até para exportação. Complementar a Volkswagen, a Tata tenta emplacar uma parceira para diminuir os custos e alcançar novas tecnologias há alguns anos. A parceria pode ser anunciada no Salão do Automóvel de Genebra, no próximo mês.


Fonte: Economic Times India

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BMW lança oficialmente a nova geração do X3, em duas versões, e parte de R$309.950

Marco do seu renascimento, Chery lança Tiggo2 no Brasil por R$59.990 iniciais

Ford Fusion deve ser reestilizado ainda em 2018 no Brasil e gama de motores vira questionamento

Citroën lança reestilizado C4 Lounge por R$93.920 iniciais, que recebe upgrade e downgrade

Peugeot lança o 5008 no mercado brasileiro em duas versões e preços que começam em R$157.490

Porsche revela as primeiras imagens do Cayenne Hybrid, em testes finais na África do Sul

Nissan confirma desenvolver March emergente, com a mesma plataforma V do Kicks

Maserati apresenta o Levante Trofeo no Salão de Nova York, com motor V8 de 598cv

Depois de tanta espera, Ford lança oficialmente o Mustang GT no Brasil por R$299.990

FCA inicia reparo da RAM 2500, que envolve 3.527 unidades desde 2014 com defeito no câmbio