Toyota confirma o fim da produção na Austrália para o dia 03 de Outubro e Aurion e Camry serão importados


Depois de Ford e Holden, chega a vez da Ford colocar um fim na produção australiana. A marca produz atualmente o Camry no mercado nas motorizações movidas a gasolina e híbrido. O fim da produção foi confirmado para o dia 03 de Outubro de 2017. A Toyota já tinha a previsão de deixar de produzir automóveis na Austrália desde meados de 2014. O cronograma de desligamento prevê o encerramento da produção do Aurion em Agosto, do Camry Hybrid em Setembro e por último, o Camry a gasolina no dia 3 de Outubro. Com o fim da produção na Austrália, a Toyota passa a importar unidades do Japão já de nova geração. Assim, a Holden deve ser a última a deixar de produzir no país, marcado para o dia 20 de Outubro. A saída das grandes montadoras representa uma guinada na indústria automotiva da Austrália, um país com um vasto território e apenas 24 milhões de habitantes. As marcas continuam a operar localmente, mas agora como importadoras.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilizada, Chevrolet Spin é flagrada sem camuflagem, em cegonha, a caminho da Argentina

Depois de dois anos ausente, SsangYong Korando volta reestilizado por R$129.900

Volvo inicia pré-venda da nova geração da V60, em versão única, por R$199.950

Nova geração do Fiat Ducato já é vendido com descontos que chegam a R$21.307

JAC Frison/T6 é flagrada na China com o design que deve estrear no modelo brasileiro

Fora do Brasil desde 2014, Volkswagen apresenta nova geração do Bora na China

RAM apresenta a 2500 2018 por R$264.900 e com novidades visuais (e de conteúdo)

Toyota Etios chega a marca de 500 mil unidades produzidas em Sorocaba desde 2012

Ferrari apresenta a inédita (e exclusiva) SP38, desenvolvida para cliente especial

Honda revela nova geração do Brio em agosto, durante o Salão do Automóvel da Indonésia