sexta-feira, fevereiro 10, 2017

Plataforma Giorgio da Alfa Romeo deve servir para Dodge, Maserati e Jeep até meados de 2020


Como forma de reduzir os custos de produção, a FCA vai aproveitar as novas plataformas para modelos de mais marcas. Com tração traseira, a plataforma Giorgio da Alfa Romeo deve marcar presença nos automóveis da Dodge, Maserati e Jeep. Segundo o CEO do grupo, Sergio Marchionne, confirmou recentemente que a nova base deve estar em alguns lançamentos destas marcas. A intenção da empresa é “espalhar” os custos de desenvolvimento da plataforma e veículos baseados nela, que já totalizam mais de US$2,7 bilhões. “O investimento na Alfa Romeo é certamente o investimento técnico na arquitetura que foi algo projetado para se beneficiar mais do que a própria Alfa”, disse Marchionne. “Estou muito feliz por termos encontrado clareza de pensamento na extensão dessas arquiteturas além da Alfa Romeo”. No caso da Maserati, a plataforma Giorgio deve ser empregado em todos os modelos e faz sua estreia na marca com o GranTurismo, que deve ganhar uma nova geração. Na Dodge, deve estar nas novas gerações de Challenger, Charger e Journey, enquanto na Jeep é possível que esteja no novo Grand Cherokee. A Alfa Romeo se encontra em um plano de “ressurreição”, que totalizará investimentos de US$ 5,37 bilhões e deve ajudar a empresa alavancar suas vendas para 400 mil veículos até 2020.


Fonte: Automotive News

Nenhum comentário:

Postar um comentário