sexta-feira, fevereiro 10, 2017

Peças do novo Dacia Duster começam a ser produzido na Europa em Outubro e vendas iniciam em 2018


Um dos maiores lançamentos da Dacia para os últimos anos, a segunda geração do Duster deve ser lançada ainda em 2017 na Europa. Segundo reportagem do site 0-100.ro, a Dacia começa a produzir as primeiras peças do utilitário em Outubro e as operações devem começar por partes do teto, como o rack. Especulações informam que a Dacia deve apresentá-lo no Salão do Automóvel de Genebra ou no de Frankfurt. O certo é que as vendas devem começar apenas no início de 2018, começando pela Romênia e demais países da Europa. No Brasil, a nova geração do Duster deve ser lançada em 2018, apenas com carroceria de cinco lugares. Falando nisso, na Europa, o Duster deve ser vendido na carroceria de cinco lugares e uma inédita opção de sete lugares que estreia em 2018, com alguns centímetros a mais no entre-eixos, com chances de ser chamado de Grand Duster. Ele será 20 centímetros maior que o de cinco lugares.  A plataforma pode não ser mais a mesma B0 atual, mas com alguns ajustes e reforços para melhorar a segurança como estava sendo cogitado. Acredita-se que ele possa ser montado sobre a plataforma já utilizada nos atuais Renault Mégane e Nissan Qashqai. A nova plataforma (chamada de CMF) possibilitará que o Duster seja oferecido em versões de cinco e sete lugares, esta última medindo 4,48 metros de comprimento. Por dentro, são esperadas melhorias no quesito ergonomia e aproveitamento de espaço, além de maior oferta de equipamentos (fala-se em ar digital e um inédito sistema multimídia). A gama de motores diesel e gasolina não deve passar por alterações.


Projeções: AutoExpress

Nenhum comentário:

Postar um comentário