segunda-feira, fevereiro 20, 2017

No futuro, Opel pode se tornar uma marca de carros elétricos, caso compra pela PSA não se concretize


Em trâmites de passar das mãos pela General Motors para a PSA, a Opel e a irmã britânica Vauxhall, o CEO da empresa, Karl-Thomas Neumann, que ficou sabendo da decisão de venda das duas marcas poucas horas antes do negócio se tornar público – propõe um Plano B caso o negócio não se concretize. A ideia (dentro do grupo GM) é converter a Opel num fabricante exclusivamente de carros elétricos por volta de 2030. A General Motors tem até Maio para definir o futuro da Opel, mas agora a decisão recente de vender as marcas, também leva uma parceira e tanto no desenvolvimento de automóveis. Se não der certo, provavelmente o projeto de Neumann terá boas chances de ser aceito. A ideia também não é impossível de ser executada, pois a Opel teria 13 anos pela frente para desenvolver e lançar de 10 a 15 modelos elétricos, além de converter suas fábricas para este tipo de veículo, sem contar a produção de baterias. Para a General Motors seria uma foram de expandir seus mercados, já que nos EUA conta apenas com Bolt e Volt, sua dupla de híbridos. Os próximos passos devem acontecer nas próximas semanas...


Nenhum comentário:

Postar um comentário