segunda-feira, fevereiro 13, 2017

Mesmo chamando atenção do mundo, FCA estuda quais mercados Fiat Toro deve ser vendida


A Fiat Toro é um sucesso e todo mundo sabe disso. Um dos lançamentos mais bem sucedidos dos últimos anos, atualmente a picape produzida em Goiana (PE) é vendida apenas no Brasil e recentemente na Argentina. Porém ainda é cedo demais para dizer que a picape pode ser "global". A meta da FCA é começar a exportar a Toro primeiramente para os países da América do Sul mas a picape também deve ter voos mais longos que a América Latina. Segundo o presidente da FCA Brasil, Stefan Ketter, "Temos vários mercados, Europa, Estados Unidos e outros que estão extremamente interessados no carro", completou Ketter, que também é vice-presidente global de Manufatura da empresa. Durante a abertura do Salão do Automóvel de Chicago, o chefe global de design da FCA, Ralph Gilles, confirmou que a Toro poderia ser vendida nos EUA com marca RAM para concorrer num segmento ainda inédito naquele mercado. Desenhada e desenvolvida no Brasil, a Fiat Toro despertou a atenção de outros mercados mas não deu detalhes dos planos de exportação. Único país confirmado para vender a picape ainda este ano é a África do Sul, país que tinha sido confirmado no lançamento da picape em 2016, possivelmente importado de Goiana. Em entrevista ao G1, o presidente da FCA Brasil só sente falta de mais acordos bilaterais que o país poderia fazer para facilitar a exportação de veículos.


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário