quinta-feira, fevereiro 09, 2017

Mercedes-Benz AMG pode desenvolver condução autônoma para melhorar pilotagem nas pistas


A condução autônoma já é uma realidade em quase todas as marcas. As que ainda não apostaram, estão com estudos para seu desenvolvimento. A Mercedes-Benz AMG também quer ter seus automóveis com condução autônoma. Segundo Tobias Moers, chefe da AMG, a divisão esportiva que a AMG pretende criar serve para melhorar a pilotagem. A ideia da divisão esportiva é usar softwares com grande poder e tecnologia para melhorar a condução do piloto. Com isso ele pode aprender a fazer voltas cada vez melhores em uma eventual competição ou para amantes. Não se trata de realidade virtual, mas com o condutor em seu assento e a direção nas “mãos” do Mercedes-AMG autônomo. Os objetivos é mostrar os pontos mais rápidos da pista, os tangenciamentos corretos, os pontos corretos de frenagem e aceleração, etc. Com isso cada piloto tem as chances de fazer as voltas cada vez mais rápidas, como se fosse um simulador, da vida real. A tecnologia permitirá que o piloto assuma gradualmente o controle conforme se torna mais rápido, garantindo que no final, estará pilotando de forma independente do sistema autônomo. A AMG não sabe ainda quando essa tecnologia deve estar pronta, mas espera que não demore muito. E meados de 2020, junto com um mapeamento de várias pistas pelo mundo.


Fonte: Motor Trend

Nenhum comentário:

Postar um comentário