quarta-feira, fevereiro 22, 2017

Land Rover divulga as primeiras imagens do Range Rover Velar, que será revelado no Salão de Genebra


A Land Rover revelou os primeiros detalhes do seu novo utilitário esportivo, o Range Rover Velar, que deve ser lançado no Salão do Automóvel de Genebra. Ficando entre o Range Rover Evoque e o Range Rover Sport, o RR Velar deve ter design mais ousado, com caimento do teto mais suave para concorrer com BMW X4 e Mercedes-Benz GLC Coupé. O nome Velar não é exatamente novo. Ele foi usado em 26 protótipos do Range Rover nos anos 1950. Velar vem do latim “velare”, que significa envolver em um véu, cobrir, já que a ideia era esconder os veículos em teste. Mas a turma que cuida hoje da empresa achou que o nome cairia bem para o novo modelo. Que não faz mais a menor questão de se esconder. “Chamamos o Velar de a vanguarda da Range Rover. Ele traz uma nova dimensão de glamur, modernidade e elegância à marca”, disse o designer chefe da Land Rover, Gerry McGovern. Especulado há dois anos, o novo membro da linha Range Rover deve trazer um caimento de teto mais acentuado que o Range Rover Sport, por exemplo. Porém ele mantém a carroceria quadrada dos Range Rover e o porte, robusto. Com isso, o site Fawkes Design fez uma projeção de como deve ser o utilitário inglês. O lançamento, como dito, é esperado para meados de 2017. Internamente o projeto é conhecido como L560 e seu nome oficial ainda não foi revelado, mas as opções recaem sobre "Range Rover Coupé". A plataforma deve ser a mesma usada atualmente pelo Jaguar F-Pace, com uso de alumínio na carroceria e ter u comprimento na casa dos 4,70 metros. Este novo modelo será o representante máximo da esportividade dentro da Land Rover, papel hoje representado pelo Range Rover Sport. Uma versão preparada pela SVO é mais do que certa, assim como o motor 3.0 V6 de 340 cv nos modelos mais mansos. Além desses motores, o Range Rover Coupé deve usar os motores V6 e V8 a gasolina e turbo diesel, além de uma versão híbrida. O câmbio deve ser automático de 9 velocidades.


Nenhum comentário:

Postar um comentário