Lançado há um ano, nova geração do BMW X1 mostra como é possível um modelo evoluir e virar referência


A nova geração do BMW X1 mostrou que é possível se tornar referência no segmento ao ganhar uma nova geração. Atualmente o SUV Compacto da BMW é um dos mais modernos e que mais representa esse segmento, uma vez que o Audi Q3 já é um veterano e o Mercedes-Benz GLA mais parece um hatch bombado. A primeira geração do X1 tinha seus predicados, mas muitos o achavam feio pelo seu design misto de esportivo com crossover e minivan por ser baixo, com capô comprido e um design que não era adorado por alguns consumidores, coisa que a BMW tratou muito bem na segunda geração. O utilitário-esportivo ganhou 53mm na altura e 23mm na largura, aumentando o espaço interno, com 40mm a mais na posição de dirigir e 74mm no espaço para as pernas dos ocupantes traseiros. O porta-malas passou para 505 litros, chegando a 1.505 litros com os bancos traseiros rebatidos. O motor do novo X1 é o conhecido 2.0 16v Turbo que desenvolve 192cv de potência com torque de 28,5kgfm, acoplado a uma transmissão automática ZF de 8 velocidades. As versões mais caras contam com o mesmo motor, mas este é biturbo e desenvolve 231cv de potência e torque de 35,7kgfm, sempre com o mesmo câmbio. O resultado surtiu nas vendas. O X1 saiu de um pacato terceiro lugar no segmento para a vice-liderança em 2016 e tem chances de roubar a liderança do Audi Q3 em 2017.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen deve trazer Jetta GLi ao Brasil, com motor 2.0 TSI melhorado para 220cv

Versão de maior sucesso do sedã francês da Citroën, C4 Lounge Live esgota em dois meses

Picape do Fiat Mobi inicia bateria de testes e deve ser lançada em meados de 2019

BMW lança o X2 no Brasil, opção descolada ao X1, em duas versões com preço inicial de R$211.950

Ford confirma retorno da Ranger XL, destinada especialmente para frotistas e produtores rurais

Volkswagen lança nova geração do Tiguan no Brasil com carroceria AllSpace por R$124.990

Reestilizado, Chevrolet Cruze já roda em testes no Brasil e deve ser lançado em 2019

Face-lift de Renault Sandero e Logan é adiado para o primeiro semestre de 2019

Hyundai Santa Cruz será do tamanho da Fiat Toro e é confirmada para 2020 nos EUA

Revista confirma face-lift de Volkswagen Gol e Voyage ainda no 1º semestre e Saveiro muda no 2º