Irmão do Peugeot 3008, Citroën C4 AirCross é flagrado com carroceria definitiva em testes na China


Fazendo parte do plano Push to Pass da PSA, o Citroën C4 AirCross já está em testes com carroceria definitiva na China. O primeiro utilitário esportivo da Citroën com porte médio, o modelo será a versão de produção do AirCross Concept. No design, ele deve manter coluna C larga e arco do teto espesso, além de lanternas horizontais em LEDs e com design em 3D. Além disso, duas saídas de escape reforçam a ideia de performance neste SUV. Irmão do Peugeot 3008, o C84 tem faróis duplos em posição mais baixa, enquanto os repetidores de direção em LED ficam separados logo acima. O Novo Citroën Aircross será feito sobre a plataforma modular EMP2, o que significa que dificilmente será fabricado no Mercosul, chegando muito provavelmente importado, se de fato vier. A segunda geração do C4 AirCross (o primeiro é um rebadge do Mitsubishi ASX) deve ser vendido com motores 1.6 THP de 165cv e o 1.8 Turbo de 204cv, acoplado sempre ao câmbio automátivo de 8 velocidades e tração dianteira. Ele pode ser revelado no Salão do Automóvel de Xangai, na China, em Abril, mas pode ser lançado no decorrer do ano.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Marco do seu renascimento, Chery lança Tiggo2 no Brasil por R$59.990 iniciais

BMW lança oficialmente a nova geração do X3, em duas versões, e parte de R$309.950

Ford Fusion deve ser reestilizado ainda em 2018 no Brasil e gama de motores vira questionamento

Citroën lança reestilizado C4 Lounge por R$93.920 iniciais, que recebe upgrade e downgrade

Peugeot lança o 5008 no mercado brasileiro em duas versões e preços que começam em R$157.490

Porsche revela as primeiras imagens do Cayenne Hybrid, em testes finais na África do Sul

Nissan confirma desenvolver March emergente, com a mesma plataforma V do Kicks

Maserati apresenta o Levante Trofeo no Salão de Nova York, com motor V8 de 598cv

Depois de tanta espera, Ford lança oficialmente o Mustang GT no Brasil por R$299.990

FCA inicia reparo da RAM 2500, que envolve 3.527 unidades desde 2014 com defeito no câmbio