quarta-feira, fevereiro 15, 2017

Interior do Fiat "X6H" é flagrado mais uma vez e sem nenhuma camuflagem e hatch será lançado até Maio


A Fiat deve apresentar até o final deste semestre a versão de produção do projeto conhecido como "X6H". O hatch deve substituir de uma só tacada Punto, Bravo e Palio. Essa semana vazou uma imagem do interior do hatch sem nenhuma camuflagem. A imagem foi postada pela conta do Instagram x6h_x6s no início desta semana. A imagem revela que a nova geração de compactos da Fiat deve trazer volante multifuncional, controle de cruzeiro e paddle-shifts para trocas manuais de marcha. O quadro de instrumentos traz mostradores analógicos para o velocímetro e conta-giros, display do computador de bordo ao centro e grafia que remete a outros modelos da marca. Ainda sem nome definido, a Fiat confirmou que o hatch não deve se chamar Punto e cogitu-se o nome Tipo, o mesmo usado pelo famoso importado dos anos 90. Porém também foi negado a possibilidade de um nome já usado no passado. Assim, a Fiat tem duas saídas. Manter o nome Palio (o que parece ser o mais apropriado) ou trazer o hatch com um novo nome, ainda inédito. Essa última hipótese não está descartada pela Fiat: "Será uma maneira de marcar um carro que é novo em tudo", garante fonte ligada ao grupo Fiat Chrysler Automobiles. A produção do hatch na fábrica de Betim (MG) começa em Março. Com isso fica claro que seu lançamento ocorre entre os meses de Abril a Maio. Ele deve concorrer no segmento de compactos, mas as versões topo de linha o farão concorrer com os compactos premium, assim como ocorre com Hyundai HB20 e HB20S. Eles devem usar os motores 1.0 6v FireFly Flex que desenvolve 76/72cv de potência com torque de 10,9/10,4kgfm acoplado com câmbio manual de 5 marchas (apenas o hatch), o 1.3 16v FireFly Flex que entrega 109/101cv de potência com torque de 14,2/13,7kgfm acoplado com câmbio manual e o 1.8 16v EtorQ Flex que desenvolve 139/135cv de potência com torque de 19,1/18,6kgfm, acoplado com câmbio manual ou automático de 6 marchas. Para economizar combustível, os compactos devem usar direção elétrica desde a versão de entrada e as versões intermediárias e topo de linha contarão com Start&Stop. As versões topo de linha virão com ESP e ACS.


Foto: x6h_x6s

Nenhum comentário:

Postar um comentário