terça-feira, fevereiro 21, 2017

Executivos da Honda confirmam que estudam a possiblidade de produzir o novo CR-V no Brasil


Parece que a Honda vai ter problemas para vender a nova geração do CR-V no Brasil. Prevista para chegar entre o final de 2017 e o início de 2018, a nova geração do utilitário esportivo passa a ser produzida nos EUA e não mais no México, o que deve atrapalhar e muito o seu preço aqui. Segundo a revista CARRO, a Honda cogita passa a produzir o CR-V no Brasil, segundo a palavra de alguns de seus executivos. Mas a Honda desmentiu essa informação para a revista. Ainda segundo a mesma, estão sendo desenvolvidos componentes para um CR-V nacional. Ele seria produzido na fábrica de Sumaré ou Itirapina (ambos no estado de São Paulo), que ajudaria a Honda a inaugurar a sua nova fábrica, até o momento desativada. A nacionalização do modelo permitiria uma maior flexibilização nos preços, ampliando a oferta de versões e, consequentemente, aumentaria o mercado onde o CR-V atua. Num segmento onde o nacional Jeep Compass nada de braçada, a Honda teria a chance de fazer o CR-V vender bem novamente. A única coisa certa, no entanto, é a chegada do modelo ao Brasil no segundo semestre deste ano. Segundo um fornecedor da Honda, a fábrica de Itirapina (SP) deve produzir dois modelos inéditos no território brasileiro. Um deles é o WR-V e o outro poderia ser o CR-V. Completando uma fábrica de SUVs, o HR-V também poderia ter sua produção transferida. Com isso, a Honda teria possibilidade de dobrar suas vendas e preparar a chegada do face-lift de Fit, City e HR-V no mercado, além de aumentar as vendas de HR-V e Civic, hoje limitados pela fábrica de Sumaré (SP).


Fonte: CARRO

Nenhum comentário:

Postar um comentário