segunda-feira, fevereiro 13, 2017

Dodge confirma o fim de linha do Viper para 31 de Agosto deste ano e nova geração é incerta


A FCA parece que vai mesmo deixar de produzir o Viper ainda em 2017. O fim da produção do lendário superesportivo da Dodge vai acontecer no dia 31 de Agosto deste ano. A informação é do chefe de design do Grupo FCA, Ralph Gilles, que fez o anúncio no Salão do Automóvel de Chicago. As vendas em baixa nos últimos anos motivaram o grupo a dar um fim para a víbora lançada no início dos anos 90. Após vender 760 unidades em 2014, a Dodge anunciou no ano seguinte que deixaria de fabricar o modelo (a marca iria atender os pedidos já feitos), o que disparou o número de pedidos pelos últimos carros. A demanda foi tão grande que a marca teve de interromper as encomendas durante um período em 2016. Na época, uma concessionária da Carolina do Norte, nos EUA, confirmou que chegou a reservar 135 unidades, criando por conta própria uma edição especial que foi bastante disputada pelo clientes. Durante o último ano a Dodge lançou quatro edições limitadas. O Viper GTS-R Commemorative Edition ACR, com 100 unidades, Viper VooDoo II Edition ACR, com 31 unidades, o Viper Snakeskin Edition GTC com 25 unidades e , por último, 33 unidades Dodge Dealer Edition ACR. Rumores sobre uma nova geração surgiram no início de 2016, indicando a utilização da base do Alfa Romeo Giulia, mas até agora nenhuma novidade. O mais provável é seu fim de linha definitivo, infelizmente.


Um comentário:

  1. O Corvette está prestes a ganhar uma versão ZR1 e logo mais chega a geração C9...a FCA vai deixar o Corvette reinar como o grande esportivo americano? Acho que não...o Viper vai ganhar uma nova geração...ainda mais que a Ford trouxe de volta o GT.

    ResponderExcluir