quarta-feira, fevereiro 08, 2017

Dacia Dokker já roda em testes na Argentina, onde deve ser produzido como novo Renault Kangoo


A Renault já testa a multivan Dacia Dokker na Argentina. O comercial leve foi flagrado pelo Argentina Autoblog rodando com poucas partes da carroceria camuflada, mostrando que o comercial deve aproveitar os ajustes dos irmãos. Ele deve começar a ser produzido no país vizinho em 2018 e não mais em 2017 segundo fontes do site Argentina Autoblog. O modelo deve se beneficiar de boa parte das peças de Sandero e Logan, que também começaram a ser produzidos no país vizinho. Conhecido internamente como "Dacia Kangoo", o modelo ainda tem um nome incerto no nosso mercado. Há chances de ele ser uma segunda geração do Renault Kangoo e não usaria o nome Dokker do modelo romeno. O investimento de US$800 milhões na fábrica da Argentina, em Santa Isabel, região de Córdoba deve servir para três projetos. O montante de dinheiro foi destinado primeiramente a produção de Logan, Sandero e Sandero StepWay na Argentina, que deve desafogar a produção paranaense. Só a vinda do utilitário e os compactos para a Argentina custou US$100 milhões. Como usa a mesma plataforma B0 de Sandero e Logan, isso reduz os custos de produção local e o investimento de US$100 milhões deve ser para maquinário e outras partes da produção. No Brasil, a nova Kangoo deve ser equipada já com o novo motor 1.6 16v Flex que entrega 118/116cv de potência com câmbio manual de 5 marchas. A nova Kangoo deve mirar especialmente na Fiat Fiorino e a meta da Renault é avançar sobre a rival italiana assim como a Master fez com a Ducato. Os preços devem ficar no mesmo patamar do Kangoo atual, mas com a vantagem de oferecer maior tecnologia, espaço interno, maior quantidade de carga graças ao ganhos em largura e altura.


Nenhum comentário:

Postar um comentário