BMW prepara bateria de estado sólido até 2026, que garante mais autonomia e menor emissão


A BMW anunciou um ambicioso plano para 2016: uma bateria de estado sólido pronta para uso automotivo. O projeto visa substituir as atuais com íos de lítio e estado líquido para nova tecnologia, que permite uma densidade maior, entre 15 a 20%. Com essa nova bateria, a BMW planeja ter uma maior energia e autonomia a bordo do veículo, trazendo mais performance, especialmente para versões esportivas. A bateria de estado sólido será mais leve e terá proteção menor contra incêndio, devido às suas características. Isso deve tornar a bateria mais barata para produzir. Outra vantagem é a redução do tamanho e seu acondicionamento nos modelos. Além disso, a BMW quer ampliar a eficiência energética de seus motores a gasolina e diesel, hoje em 33% em comparação com os 90% dos propulsores elétricos. A nova bateria deve tornar os veículos elétricos ainda mais interessantes, melhorando a autonomia das baterias e reduzindo o número de emissões de CO2.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Marco do seu renascimento, Chery lança Tiggo2 no Brasil por R$59.990 iniciais

Ford Fusion deve ser reestilizado ainda em 2018 no Brasil e gama de motores vira questionamento

Querendo quebrar a hegemonia do trio premium, Volvo lança XC40 no Brasil por R$169.950

BMW lança oficialmente a nova geração do X3, em duas versões, e parte de R$309.950

Depois de tanta espera, Ford lança oficialmente o Mustang GT no Brasil por R$299.990

Peugeot lança o 5008 no mercado brasileiro em duas versões e preços que começam em R$157.490

Nissan confirma desenvolver March emergente, com a mesma plataforma V do Kicks

Citroën lança reestilizado C4 Lounge por R$93.920 iniciais, que recebe upgrade e downgrade

Volkswagen lança nova geração do Tiguan no Brasil com carroceria AllSpace por R$124.990

Maserati apresenta o Levante Trofeo no Salão de Nova York, com motor V8 de 598cv