Ajudante de grande importância, T5 se tornou o principal automóvel da JAC nos últimos anos


Hoje considerada a principal peça da JAC no mercado, o T5 se tornou o modelo que poderia trazer uma luz no fim de túnel para a marca chinesa, que levou um baque nos últimos anos desde o IPI majorado. A estratégia de lançar mais SUVs para se adequar no mercado começou em 2015 com o T6, mas não deu muito certo. Mais barato e com mais chances de fazer sucesso, o T5 foi a segunda tentativa da JAC e que começou a colher mais frutos somente após ganhar a opção de câmbio automático CVT, nos últimos meses. Entre seus rivais diretos, Lifan X60 e Chery Tiggo, o T5 é sem dúvida a melhor opção. Chegando ao Brasil com três versões, o T5 desembarca ao mercado primeiramente com câmbio manual. A ideia da JAC é competir com as versões de entrada de Ford EcoSport e Renault Duster. Como um de seus principais argumentos, o T5 será o preço, custo/benefício, design e pacote de equipamentos. Chegando a partir de Março nas concessionárias da JAC, o T5 é o primeiro chinês a oferecer como item de série, ESP. O T5 também deve ser o primeiro JAC a ser produzido no Brasil na nova fábrica da marca em Camaçari (BA), que depois de tanta promessa, deve ficar pronta em meados de 2017, produzindo o T5, de início. A meta da JAC é vender cerca de 200 a 300 unidades mensais, quase dobrando as vendas atuais da JAC, que são da tímidos 250 unidades por mês, que nunca foram atingidas. O JAC T5 chega ao Brasil equipado com o motor 1.5 JetFlex de 127cv e 15,7kgfm usado pelo irmão J3S. Com câmbio manual de 6 marchas, o SUV Compacto chega aos 100km/h em 12,7 segundos, mais rápido que concorrentes diretos como Renault Duster 1.6 e Ford EcoSport 1.6. A maior prova disso é o selo “A” de eficiência energética conferido pelo InMetro. De acordo com os testes do órgão, o T5 está entre os modelos mais econômicos de sua categoria: 6,80km/l na cidade e 9,63km/l na estrada (etanol) ou 8,18km/l e 12,2km/l (gasolina). Mas é com o câmbio automático CVT, primeiro automático da JAC, que ele ficou mais interessante aos olhos dos consumidores. Em Janeiro foram 185 unidades emplacadas, bem mais que os rivais da Lifan e Chery, respectivamente.


Comentários

  1. Tenho um T5,estou surpreendido é um excelente SUV,na sua categoria.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Volkswagen deve trazer Jetta GLi ao Brasil, com motor 2.0 TSI melhorado para 220cv

Versão de maior sucesso do sedã francês da Citroën, C4 Lounge Live esgota em dois meses

Picape do Fiat Mobi inicia bateria de testes e deve ser lançada em meados de 2019

BMW lança o X2 no Brasil, opção descolada ao X1, em duas versões com preço inicial de R$211.950

Ford confirma retorno da Ranger XL, destinada especialmente para frotistas e produtores rurais

Volkswagen lança nova geração do Tiguan no Brasil com carroceria AllSpace por R$124.990

Reestilizado, Chevrolet Cruze já roda em testes no Brasil e deve ser lançado em 2019

Face-lift de Renault Sandero e Logan é adiado para o primeiro semestre de 2019

Hyundai Santa Cruz será do tamanho da Fiat Toro e é confirmada para 2020 nos EUA

Revista confirma face-lift de Volkswagen Gol e Voyage ainda no 1º semestre e Saveiro muda no 2º